Utilize o código de desconto da Uber: 4bvvgdejue

23 de maio de 2017

Estado deve divulgar projeto do ferroanel no Alto Tietê no próximo semestre

Compartilhe
LUCAS MELONI

Tido como projeto mais viável para facilitar o escoamento das produções industriais na Região Metropolitana de São Paulo e desobstruir as linhas férreas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), o Ferroanel – idealizado pela Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) -, que passará por cidades do Alto Tietê, aguarda há anos para sair do papel. O Governo do Estado chegou a anunciar a primeira data de início de obras do projeto para 2014, contudo, nada aconteceu. A nova expectativa é de que, pelo menos, o projeto seja divulgado no segundo semestre. A construção pode ultrapassar os R$ 3,9 bilhões.

A partir de julho, a Dersa, em parceria com as prefeituras das cidades que constam no traçado original dos trechos Norte e Sul do Ferroanel (Arujá, Itaquaquecetuba, Poá e Suzano), passa a realizar audiências públicas para detalhamento do projeto. A primeira delas já tem data e ocorre em 13 de julho, a partir das 17 horas, no Clube União (Rua Amazonas, 100, no Centro de Arujá). O Diário questionou as demais cidades. Suzano disse que não foi procurada pela empresa paulista para fechar data para audiência; as demais não responderam.

O Ferroanel é um projeto semelhante ao Rodoanel e tem por objetivo tirar os fluxos das zonas de escoamento tradicionais. No caso do transporte sobre trilhos, a meta é que as empresas ferroviárias de logística deixem de usar os ramais operados pela CPTM. Há um grande impacto, segundo a estatal de transportes, nas linhas 11 – Coral e 12 – Safira por causa da passagem destes trens de carga.

Décadas atrás, quando o compartilhamento fora autorizado, a CPTM transportava 700 mil pessoas por dia. Na atualidade, o volume ultrapassa as três milhões de pessoas.

Em seminário realizado na última sexta-feira, Eduardo Parente, presidente da MRS, empresa compartilhante que usa as linhas férreas da CPTM nesta região, falou em evento realizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) sobre a urgência da criação dos trechos Norte e Sul do Ferroanel. Ele listou alguns benefícios com a implementação da nova rede como a retirada de 32 trens por dia dos trechos compartilhados com a CPTM e a ampliação em 14 milhões de toneladas transportadas (hoje são 30 milhões), o que retira dois mil caminhões por dia da RMSP, como pontos principais.

De acordo com a Empresa de Planejamento e Logística S/A (EPL), o trecho Norte terá 53 km de extensão e ligará as estações Manoel Feio (Itaquaquecetuba) e Perus (em São Paulo). Esta parte do Ferroanel deve passar pelas cidades de Arujá, Itaquá, Poá e Suzano. A parte sul vai completar a outra metade, com 55 km, entre as estações Evangelista de Souza (Mairinque) e Rio Grande da Serra (Grande ABC). Desta forma ficaria estabelecido um anel ferroviário à margem da RMSP.

A estimativa é de que até 2040, o anel ferroviário permitirá o transporte de até 40 milhões de toneladas de carga a ser transportada por contêineres. Os principais produtos escoados pelas linhas férreas serão cimento, granéis vegetais, açúcar, areia, fertilizantes, celulose, entre outras coisas. Um trecho, em Suzano, já foi construído de forma elevada, nas imediações da Sanofi.

Em 2011, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e a então presidente da República Dilma Rousseff (PT) assinaram um acordo de financiamento com verba federal. Os dois chegaram a anunciar que os dois trechos seriam entregues em 2014. Isso, como se sabe, não ocorreu.



O Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) da obra ainda é preparado, de acordo com a Dersa. Não há data para conclusão. O Diário questionou a Dersa sobre o projeto. A assessoria de imprensa disse que conseguiria responder a todos os pontos apenas ao final da semana.

22 de maio de 2017

Espetáculo musical alerta sobre obesidade infantil na Estação Brás da CPTM

Compartilhe
A importância de ter uma alimentação saudável desde a infância será levada aos pais e pequenos usuários da Estação Brás da CPTM de uma forma lúdica e interativa. No dia 24, quarta-feira, o espetáculo musical “As Aventuras da Turma da Lancheira” desembarcará no Espaço Cultural da estação para duas sessões: às 10h e às 14h. Entre os espectadores também estarão alunos da Escola Estadual Romão Puiggari, que fica no bairro do Brás.

O musical faz parte do projeto “Turma da Lancheira” do Instituto Brasil e a missão é colaborar para a conscientização da alimentação balanceada para o desenvolvimento da criança e da qualidade de vida. A irreverência do espetáculo, que tem 45 minutos, e a interatividade são os destaques da peça, que diverte e ao mesmo tempo estimula a imaginação e a criatividade da plateia.

O projeto sociocultural é idealizado pelo Instituto Brasil do Terceiro Setor e conta com o apoio do Ministério da Cultura e da empresa Piracanjuba. Como a obesidade infantil pode afetar todas as famílias, visando democratizar o acesso à informação a peça já foi encenada em vários espaços públicos como museus, parques, Fábricas da Cultura e unidades do CEU (Centro Educacional Unificado).


Espetáculo: “As aventuras da Turma da Lancheira”
Dia: 24/05, quarta-feira
Sessões: às 10h e às 14h
Local: Espaço cultural da Estação Brás da CPTM (Linhas 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira)
Grátis para usuários


CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitano

19 de maio de 2017

Obras alteram circulação dos trens neste fim de semana

Compartilhe
Estações funcionarão para desembarque na madrugada de sábado para domingo

Neste final de semana (20 e 21 de maio), a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens. Também haverá operação especial devido à realização da Virada Cultural.

Durante a madrugada de sábado para domingo, entre 1h e 4h, o intervalo entre os trens será de 30 minutos nas seis linhas, com todas as estações abertas para desembarque, exceto aquelas que têm integração com o Metrô, que estarão abertas para embarque e desembarque dos usuários.

Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Franco da Rocha. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Pirituba e de 30 minutos entre Pirituba e Francisco Morato.


Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)  

Sábado: das 20h à 1h, as intervenções serão realizadas nos equipamentos de via permanente entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.

Domingo: das 4h à meia-noite, serão executados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Santa Terezinha e Barueri. Das 8h às 20h, os trabalhos ocorrerão nos equipamentos de via permanente entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino. Também haverá obras de modernização no sistema de rede área nas imediações da Estação Jardim Belval. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.


Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)  

Sábado: das 20h à 4h de domingo, a circulação ficará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco devido a trabalhos nos equipamentos de via permanente. Para prosseguir viagem, os usuários devem utilizar a Linha 8-Diamante.

Domingo: das 8h às 20h, a circulação voltará a ser interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco devido à retomada dos trabalhos nos equipamentos de via permanente. Para prosseguir viagem, os usuários devem utilizar a Linha 8-Diamante.


Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h às 8h30, serão executados serviços de infraestrutura entre as estações Brás e Mooca. Das 7h às 19h, as intervenções se concentrarão nos equipamentos de via permanente entre as estações São Caetano do Sul-Prefeito Walter Braido e Utinga. O intervalo médio dos trens será de 26 minutos em toda a linha.


Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado: das 20h de sábado à 1h, o intervalo médio entre os trens será de 25 minutos em toda a linha devido às obras de implantação da Linha 13-Jade.

Domingo: das 4h até o fim da operação comercial, prosseguirão os trabalhos de implantação da Linha 13-Jade. Das 6h às 14h, também serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação USP-Leste. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.


CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos


Utilize o código de desconto da Uber: 4bvvgdejue

Estações Luz e República da Linha 4-Amarela fecham neste domingo, dia 21

Compartilhe
Os passageiros devem ficar atentos a mudanças na operação da Linha 4-Amarela neste domingo, dia 21. As estações Luz e República estarão fechadas para embarque e desembarque durante toda a operação comercial (4h40 à meia-noite). 
A restrição operacional ocorrerá para execução de obras na futura estação Higienópolis-Mackenzie, sob responsabilidade da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô.  
Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz devem desembarcar em Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde do Metrô. 
Na estação Luz, os passageiros devem utilizar a integração com a Linha 1-Azul do Metrô. Quem estiver na estação República pode fazer a transferência para a Linha 3-Vermelha do Metrô para prosseguir sua viagem pelo sistema. As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente.  
Com a operação diferenciada deste domingo, a orientação aos usuários será reforçada em toda a Linha 4-Amarela com cartazes, mensagens sonoras e veiculação de informações nos monitores de TV das estações, plataformas e trens. A equipe de atendimento também está preparada para auxiliar os usuários nos deslocamentos, minimizar os impactos das mudanças e garantir a segurança.

Durante a Virada Cultural, na madrugada de sábado (20) para domingo (21), as estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima, Fradique Coutinho e Paulista funcionarão sem interrupção durante toda madrugada.
Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento (0800 770 7100), de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, sábado e domingo, das 8h às 18h. Outros canais de comunicação também estão à disposição, como a Ouvidoria (ouvidoria@viaquatro.com.br) e o Fale Conosco no link http://www.viaquatro.com.br/fale-conosco

Coral anima sexta-feira dos usuários na Estação da Luz

Compartilhe
Dentro da programação de comemoração dos 25 anos da CPTM, o Coral Astra de Jundiaí fará uma apresentação nesta sexta-feira (19/05), às 19h, na Estação da Luz, para animar a volta para casa dos usuários e o início do fim de semana.

A apresentação, chamada “Singing in CPTM”, será realizada por 23 coralistas dirigidos pela regente Vastí Atique,mestre em Música pela Universidade de Campinas (Unicamp).

O repertório englobará canções com letras sobre as locomotivas que ajudaram a construir a história do nosso país. Entre elas Trem do Pantanal”, “Trem das onze”, “Encontros e despedidas” e “Maria Fumaça”. 

Serviço

“Singing na CPTM” – Coral Astra
Local: Estação da Luz, atende as Linhas 7-Rubi e 11-Coral
Data: sexta-feira, 19/05
Horário: às 19h
Grátis


CPTM - Companhia Paulista de Trens Metropolitanos
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).