24 de fevereiro de 2017

Conheça a operação do Metrô no Carnaval

Compartilhe
Para quem pretende acompanhar os desfiles das escolas de samba no Anhembi, a dica é deixar o carro em casa e optar pelo transporte público. No Metrô, tanto na sexta-feira quanto no sábado de carnaval, todo o sistema metroviário irá funcionar nos horários habituais, com frotas dimensionadas para a demanda em cada faixa horária e trens reserva em todas as linhas. Para facilitar o deslocamento dos foliões, linhas de ônibus e vans do "Atende" partirão dos terminais das estações Palmeiras-Barra Funda e Portuguesa-Tietê do Metrô com destino ao Sambódromo. Para evitar atrasos, o Metrô recomenda aos usuários a compra antecipada das viagens. O usuário dispõe do serviço SMS-Denúncia para informar qualquer anormalidade no sistema. Basta enviar uma mensagem de texto para o número 97333-2252 para rápida atuação dos funcionários do Corpo de Segurança.
Linhas 5-Lilás e 15-Prata terão operação diferenciada no domingo de carnaval
No domingo de carnaval (26), as linhas 5-Lilás (Capão Redondo - Adolfo Pinheiro) e 15-Prata do Monotrilho (Oratório - Vila Prudente) terão horário diferenciado de funcionamento. A mudança acontece para dar prosseguimento aos testes no sistema de controle dos trens em ambas as linhas. Na Linha 5-Lilás, a interdição ocorrerá das 4h40 às 12 horas. Nesse período, os passageiros serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro até a abertura das estações. Os usuários da Linha 9 - Esmeralda da CPTM, que fazem transferência gratuita para o Metrô na estação Santo Amaro, também serão atendidos pela estratégia. Já as linhas de ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) serão remanejadas das estações Capão Redondo e Campo Limpo para a estação Santo Amaro.
Na Linha 15-Prata, as estações Vila Prudente e Oratório permanecerão fechadas ao público das 4h40 às 16 horas. Os usuários também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que circularão no trecho entre as duas estações até o início da operação.
Nas demais linhas metroviárias, a abertura das estações acontecerá nos horários habituais.

Bicicletas liberadas na segunda e terça-feira de Carnaval

Quem quiser aproveitar os dias de folia para pedalar pela cidade, a boa notícia é que tanto na segunda quanto na terça-feira de Carnaval os ciclistas poderão transportar suas bicicletas no sistema metroviário durante todo o dia. As regras em vigor para utilização das bikes no Metrô continuam valendo no período carnavalesco: o limite permitido de embarque é de até quatro bicicletas por trem, sempre utilizando o último vagão. Além disso, não é permitido o transportes de bicicletas ao descer pelas escadas rolantes ou ao fazer uso dos elevadores.
Terça-feira de carnaval terá horário diferenciado na Linha 15-Prata
Na terça-feira de carnaval (28), para prosseguimento dos testes no novo sistema de controle dos trens, a Linha 15-Prata do Monotrilho novamente terá horário diferenciado de funcionamento. As estações Vila Prudente e Oratório permanecerão fechadas ao público das 4h40 às 16 horas e os usuários serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão no trecho entre as duas estações até o início da operação. Nas demais linhas, a abertura das estações ocorrerá nos horários de costume. Já a frota de trens em circulação, em razão do feriado, será equivalente a utilizada aos domingos.
Quarta-Feira de Cinzas terá abertura das estações antecipada

Na quarta-feira de Cinzas (01/03), a abertura das estações metroviárias das linhas 1-Azul, 2- Verde, 3-Vermelha e 4-Amarela será antecipada para as 4 horas - 40 minutos mais cedo do que o habitual. A medida visa atender os usuários que desembarcam na capital pelos terminais rodoviários Tietê e Jabaquara (integrados à Linha 1-Azul) e Barra Funda (integrado à Linha 3-Vermelha). Nas linhas 5-Lilás e 15-Prata, a abertura das estações ocorrerá no horário habitual, a partir das 4h40. 

Para mais informações sobre a operação da rede metroviária, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (tel. 0800 770 7722), que funciona todos os dias, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da ViaQuatro (concessionária da Linha 4-Amarela) atende pelo tel. 0800 770 7100, de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

Obras alteram circulação dos trens durante o Carnaval

Compartilhe

Confira a programação e antecipe sua viagem

Neste feriado de Carnaval, entre os dias 25 e 28 de fevereiro, a CPTM prosseguirá com as obras em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h às 21h30, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Vila Clarice e Jaraguá. Das 4h às 8h, o intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Francisco Morato será de 17 minutos. Das 8h às 21h30, o intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Pirituba será de 17 minutos e entre Pirituba e Francisco Morado, de 34 minutos.

Terça: das 7h às 22h, serão realizados serviços no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Perus e Caieiras. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Francisco Morato será de 24 minutos.


Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado:  das 22h até o fim da operação, em razão de trabalhos nos equipamentos de via permanente entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino, o intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 15 minutos.

Domingo: serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino, das 4h às 7h, e entre as estações Carapicuíba e Santa Teresinha, das 8h às 20h. Durante toda a operação comercial, também haverá intervenção no sistema de rede aérea entre as estações Presidente Altino e Osasco. O intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 15 minutos, das 4h às 7h, e de 20 minutos, das 8h às 20h.

Terça:  das 4h até o fim da operação, devido a intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Antonio João e Jandira, o intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba será de 10 minutos e entre Carapicuíba e Itapevi, de 20 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Sábado: das 22h até o fim da operação comercial, a circulação ficará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco devido a serviços que serão feitos nos equipamentos de via permanente. O usuário que desejar seguir viagem deve utilizar a Linha 8-Diamante. O intervalo médio dos trens entre as estações Presidente Altino e Grajaú será de 15 minutos.


Domingo: durante toda a operação comercial, a circulação continuará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco para a continuidade dos serviços nos equipamentos de via permanente e para os trabalhos no sistema de rede aérea.  O usuário que desejar seguir viagem deve utilizar a Linha 8-Diamante.


Linha 11-Coral – Extensão (Guaianases – Estudantes)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizadas intervenções no sistema de rede aérea na região da Estação Antonio Gianetti Neto. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Terça: das 4h à meia-noite, prosseguirão os trabalhos na região da Estação Antonio Gianetti Neto. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

De sábado a segunda: das 20h de sábado até o fim da operação de segunda, estão programadas obras de modernização nos equipamentos de via permanente, no sistema de rede aérea e de implantação da Linha 13-Jade entre as estações Engenheiro Goulart e Comendador Ermelino. O intervalo médio dos trens em toda a linha será de 35 minutos. 

Terça: das 4h até o fim da operação, serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Tatuapé e Engenheiro Goulart. O intervalo médio dos trens em toda a linha será de 15 minutos. 


Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Estações Faria Lima e Fradique Coutinho terão operação especial no Carnaval

Compartilhe
 A concessionária ViaQuatro prepara uma operação especial nas estações Faria Lima e Fradique Coutinho da Linha 4-Amarela durante o Carnaval. O plano é composto por uma série de ações que serão adotadas sempre que o aumento do volume de passageiros exigir, com o objetivo de garantir o padrão de qualidade da operação. 

A ViaQuatro tomará todas as ações necessárias para garantir o conforto dos passageiros. O transporte sobre trilhos continua sendo a melhor opção para aproveitar os blocos de Carnaval da cidade. A operação contará com reforço da frota e equipes de atendimento, além de sinalização com faixas e avisos sonoros. 

Nos períodos em que o movimento de passageiros se intensificar nas estações, embarque e desembarque serão realizados por acessos diferentes. Caso o movimento de passageiros chegue próximo ao limite da capacidade da estação, será adotado um segundo nível de controle de fluxo, que prevê a formação de bolsões na parte de fora das estações para a organização do acesso. 

As ações são necessárias devido ao grande número de foliões que usam o transporte sobre trilhos na região de Pinheiros. No último sábado (18), a concessionária ViaQuatro, responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô, transportou 74% a mais de passageiros em relação ao sábado anterior (11). No domingo (19), o aumento foi de 42% no comparativo com o domingo anterior (12).

Estação Faria Lima:  A estação possui dois acessos na Avenida Faria Lima. A entrada será pelo lado ímpar da avenida, na esquina com a rua Teodoro Sampaio. No lado externo, haverá um bolsão demarcado por grades com capacidade para aproximadamente 500 pessoas. O objetivo desse controle é organizar o acesso das pessoas ao interior da estação sempre que a lotação estiver no limite de sua capacidade. A saída será pelo lado par da avenida e um cercado de grades direcionará o fluxo.

Estação Fradique Coutinho: A estação possui dois acessos na Rua dos Pinheiros. O embarque será feito pelo lado ímpar. No lado externo, também haverá um bolsão formado por grades para organização do fluxo. O desembarque será feito pelo portão lateral da Rua Fradique Coutinho.

Dicas

Para facilitar o embarque e o desembarque nas estações é importante comprar com antecedência o bilhete de ida e de volta. Vale lembrar que é proibido entrar sem camisa e consumir bebidas alcoólicas nas estações de metrô e interior dos trens.

A ViaQuatro informa que as sete estações (Butantã, Pinheiros, Faria Lima, Fradique Coutinho, Paulista, República e Luz) funcionam de domingo a sexta-feira, das 4h40 à meia-noite, e aos sábados, das 4h40 até a 1h da madrugada.

Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento (0800 770 7100), de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, sábado e domingo, das 8h às 18h. Outros canais de                comunicação     também              estão     à             disposição,         como Ouvidoria (ouvidoria@viaquatro.com<mailto:ouvidoria@viaquatro.com>.br) e Fale Conosco no link http://www.viaquatro.com.br/fale-conosco.

Operação da Linha 7-Rubi da CPTM recebe mais um novo trem hoje

Compartilhe
Essa é a 10ª nova composição entregue do lote de 65 unidades encomendados

A partir desta sexta-feira, 24 de fevereiro, mais um novo trem entra em operação na Linha 7-Rubi (Luz-Francisco Morato-Jundiaí). Essa é a décima composição que entra em circulação do lote de 65 unidades encomendas. Com a entrega dos novos trens, todas as linhas da CPTM terão a frota padronizada.

Das dez composições já entregues, duas estão em serviço na Linha 11-Coral Expresso Leste (Luz-Guaianases), e a partir de hoje, oito na Linha 7-Rubi.

A Linha 7 tem 60,5 quilômetros de extensão, ligando a Estação da Luz a Jundiaí. O trecho principal, entre Luz e Francisco Morato, transporta em média 400 mil usuários por dia útil. Somada à extensão entre Francisco Morato e Jundiaí, a linha alcança a marca de 430 mil passageiros por dia.

Novos trens

Com salão contínuo de passageiros (passagem livre entre os carros), o trem possui monitoramento com câmeras na parte externa e interna e são acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência (contam com sinalização visual para identificação de assentos preferenciais, mapa dinâmico e áudio e espaço para cadeirantes). Possui também monitores digitais internos com informações e interação das principais notícias sobre a prestação de serviços, além de reconhecimento eletrônico automático do maquinista por meio de biometria.

Os demais trens desse lote serão entregues ao longo dos próximos meses e entrarão em operação, após a realização de testes que são feitos nos sistemas elétricos, mecânicos e de sinalização. Dependendo das necessidades de ajustes que surgirem e do tempo de solução por parte do fabricante, os testes podem ser prolongados. As novas composições serão incorporadas para a renovação da frota de acordo com a necessidade operacional de cada linha.


CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

23 de fevereiro de 2017

Trem descarrila na estação Itaim Paulista da CPTM e interrompe circulação

Compartilhe
Composição seguia no sentido Brás por volta da 1h30 desta quinta (23) quando saiu dos trilhos. Acidente afetou sistema de energia da linha. Paese foi acionado.


Um descarrilamento em um trem da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) interdita a Linha 12-Safira, que liga o Brás a Calmon Viana, na manhã desta quinta-feira (23). Ninguém ficou ferido.

O descarrilamento ocorreu por volta da 1h30 perto da estação Itaim Paulista, no sentido Brás, quando a composição seguia para a garagem. O trecho entre as estações Calmon Viana e Itaim Paulista está interditado desde a madrugada. A rede aérea de energia da linha foi afetado e a circulação de trens interrompida.

De acordo com a assessoria de imprensa da CPTM, a composição não transportava passageiros no momento do descarrilamento. O trem permanece no local e equipes da empresa trabalham para liberar a via e recuperar o sistema de energia. Não há previsão para a liberação da via e normalização do sistema. A linha atende 250 mil passageiros por dia. O motivo do descarrilamento ainda é desconhecido.

A operação Paese foi acionada para transportar passageiros no trecho afetado. De acordo com a EMTU, foram disponibilizados 80 ônibus, sendo 60 entre as estações Itaim paulista e Calmon Viana e 20 da Calmon Viana e Engenheiro Manoel Feio.
Esse foi o terceiro descarrilamento que ocorre no sistema de transporte público neste mês.

Os outros dois descarrilamentos ocorreram no Metrô. O primeiro ocorreu na Linha 3-Vermelha no dia 7 de fevereiro, o que resultou no fechamento de várias estações na Zona Leste de São Paulo. Já o segundo ocorreu no dia 21 de fevereiro na estação Adolfo Pinheiro do Metrô, em Santo Amaro, na Zona Sul de São Paulo, amanheceu fechada nesta terça-feira (21) na Linha 5-Lilás, entre as estações Largo Treze e Adolfo Pinheiro.


G1


As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).