Diário da CPTM

Diário da CPTM

20 de abril de 2017

Metrô terá operação diferenciada no feriado prolongado de Tiradentes

Compartilhe
Nesta sexta-feira (21), feriado de Tiradentes, e no próximo domingo (23), as Linhas 15-Prata do Monotrilho, 4-Amarela, que é operada pela concessionária ViaQuatro, e 3-Vermelha terão estratégias diferenciadas de operação.

Na Linha 4-Amarela (Butantã - Luz), para continuidade das obras civis no mezanino metálico da futura estação Higienópolis-Mackenzie, tanto no feriado quanto no domingo, as estações República e Luz permanecerão fechadas durante todo o dia. Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos.

Quem embarcar nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz deverão desembarcar na estação Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde. Já os passageiros com destino a Linha 4-Amarela, que estiverem tanto na estação Luz, da Linha 1-Azul, quanto na estação República, da Linha 3-Vermelha, devem seguir até a estação Consolação, da Linha 2-Verde, onde será possível transferir-se para a Linha 4 e prosseguir viagem pelo sistema. A operação nas demais estações da Linha 4-Amarela no trecho entre as estações Paulista-Butantã será normal. As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente.

Na Linha 15-Prata (Oratório - Vila Prudente), em função de testes no sistema de controle de trens, as estações Vila Prudente e Oratório ficarão fechadas na sexta-feira (21) e no domingo (23), das 4h40 às 16 horas. Nesse período, os usuários serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que circularão no trecho entre as duas estações até o início da operação.

Paese sobre trilhos na Linha 3-Vermelha

Outra estratégia programada para sexta-feira e domingo será implantada em três estações da Linha 3-Vermelha. Para atender os usuários da CPTM, que terá circulação paralisada na Linha 11-Coral para realização de obras, no feriado e no domingo, as áreas de transferência gratuita das estações Corinthians-Itaquera, Tatuapé e Brás serão abertas a partir das quatro horas da manhã. Com isso, os usuários da CPTM poderão utilizar o sistema metroviário para se deslocar por estas três estações. Já os usuários do Metrô serão atendidos a partir das 4h40, horário habitual de abertura de todas as estações metroviárias.

Retorno do feriado terá antecipação de horário

Na segunda-feira (24/04), dia de retorno do feriado prolongado de Tiradentes, a abertura das estações metroviárias das linhas 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), 2- Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda) e 4-Amarela (Butantã -Luz), que é operada pela concessionária ViaQuatro, será antecipada para as 4 horas - 40 minutos mais cedo do que o habitual. A medida tem por objetivo atender os usuários que desembarcam na capital pelos terminais rodoviários Tietê e Jabaquara (integrados à Linha 1-Azul) e Barra Funda (integrado à Linha 3-Vermelha). Nas linhas 5-Lilás (Capão Redondo - Adolfo Pinheiro) e 15-Prata (Oratório -Vila Prudente), a abertura das estações ocorrerá no horário habitual, ou seja, às 4h40.

Para informar sobre as mudanças programadas, haverá emissão de mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocação de cartazes e publicação de informativos nas redes sociais.
O Metrô recomenda aos usuários que programem suas viagens e adquiram os bilhetes antecipadamente.

Em caso de dúvidas, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da Via Quatro (0800 770 7100) atende de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

Metro

Estações Luz e República estarão fechadas nos dias 21 e 23

Compartilhe
Os passageiros devem ficar atentos a mudanças na operação da Linha 4-Amarela neste feriado de Tiradentes, sexta-feira, dia 21, e no domingo, dia 23. As estações Luz e República estarão fechadas para embarque e desembarque durante toda a operação comercial (4h40 à meia-noite).

A restrição operacional ocorrerá para execução de obras na futura estação Higienópolis-Mackenzie, sob responsabilidade da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô.

Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz devem desembarcar em Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde do Metrô.

Na estação Luz, os passageiros devem utilizar a integração com a Linha 1-Azul do Metrô. Quem estiver na estação República pode fazer a transferência para a Linha 3-Vermelha do Metrô para prosseguir sua viagem pelo sistema. As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente.

Com a operação diferenciada deste domingo, a orientação aos usuários será reforçada em toda a Linha 4-Amarela com cartazes, mensagens sonoras e veiculação de informações nos monitores de TV das estações, plataformas e trens. A equipe de atendimento também está preparada para auxiliar os usuários nos deslocamentos, minimizar os impactos das mudanças e garantir a segurança.

Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento (0800 770 7100), de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, sábado e domingo, das 8h às 18h.

Outros canais de comunicação também estão à disposição, como a Ouvidoria (ouvidoria@viaquatro.com.br) e o Fale Conosco no link http://www.viaquatro.com.br/fale-conosco.

ViaQuatro

Obras alteram circulação dos trens neste feriado

Compartilhe
Confira a programação e antecipe sua viagem

Durante o feriado de Tiradentes, a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens. Confira a programação e planeje sua viagem:


Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

De sexta a domingo: devido à realização de serviço na Linha 11-Coral, excepcionalmente, os trens seguirão viagem até a Estação Brás.

Sexta: das 4h à meia-noite, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Jaraguá e Perus. O intervalo médio dos trens entre as estações Brás e Pirituba será de 17 minutos e entre Pirituba e Francisco Morato, de 34 minutos.

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Franco da Rocha. O intervalo médio dos trens entre as estações Brás e Pirituba será de 17 minutos e entre Pirituba e Francisco Morato, de 34 minutos.
                                                                                     

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)  

Domingo: das 4h à meia-noite, as intervenções ocorrerão no sistema de rede aérea entre as estações Lapa e Imperatriz Leopoldina. Também estão programadas as seguintes ações:
- das 7h às 18h, obras de modernização no sistema de rede aérea nas imediações da Estação Jardim Silveira
- das 6h às 17h: obras de modernização da Estação Quitaúna.

Das 7h às 18h, o intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 30 minutos. Nos demais horários, será de 20 minutos.


Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)  

Sexta: das 4h à meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Granja Julieta e Jurubatuba. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.
                                                                                     
Sábado: das 22h até o fim da operação, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Cidade Jardim e Vila Olímpia. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha.


Domingo: serão efetuados serviços nos equipamentos de via permanente em dois períodos:
- Das 4h às 7h: entre as estações Cidade Jardim e Vila Olímpia. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha.
- Das 8h às 20h: nas proximidades da Estação Vila Olímpia. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos em toda a linha.


Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h às 18h, os trabalhos serão executados no sistema de rede aérea entre as estações Capuava e Mauá. O intervalo médio dos trens será de 26 minutos em toda a linha.


Linha 11-Coral (Guaianases-Estudantes)

Sexta: das 4h à meia-noite, circulação ficará interrompida entre as estações Luz e Corinthians-Itaquera para a demolição de plataforma da estação desativada Carlos de Campos, além de serviços nos equipamentos de via permanente e sistema de rede aérea. Para seguir viagem, o usuário deve utilizar a Linha 7-Rubi no trecho entre Luz e Brás e a Linha 3-Vermelha do Metrô no trecho entre as estações Brás e Corinthians-Itaquera. Os trens seguirão direto da Estação Itaquera a Estudantes, sem necessidade de baldeação em Guaianases e o intervalo médio será de 15 minutos.

Sábado: das 4h até o fim da operação, a circulação ficará interrompida entre as estações Luz e Brás para intervenções nos equipamentos de via permanente. Para seguir viagem, o usuário deve utilizar a Linha 7-Rubi.

Domingo: das 4h à meia-noite, a circulação voltará a ser interrompida entre as estações Luz e Corinthians- Itaquera para prosseguir a demolição de plataforma da estação desativada Carlos de Campos, além de serviços nos equipamentos de via permanente e sistema de rede aérea. Para seguir viagem, o usuário deve usar a Linha 7-Rubi no trecho entre Luz e Brás e a Linha 3-Vermelha do Metrô no trecho entre as estações Brás e Corinthians-Itaquera. Os trens seguirão direto da Estação Itaquera a Estudantes, sem necessidade de baldeação em Guaianases e o intervalo médio será de 15 minutos.
 
Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

18 de abril de 2017

Grupo coloca fogo em ônibus na Zona Leste de SP

Compartilhe
Segundo PM, ação foi em represália por causa da prisão de alguns traficantes da região. Mais de 20 linhas de ônibus foram desviadas.

Um grupo incendiou um ônibus na noite desta segunda-feira (17), na Zona Leste da cidade de São Paulo. A fiação da Eletropaulo e da rede de trólebus que passa pelo local foi danificada. Mais de 20 linhas de ônibus foram desviadas.

Por volta das 21h, moradores da região abordaram o motorista do ônibus e obrigaram os passageiros a descerem pela porta de trás. Em seguida, atearam fogo no veículo. A Polícia Militar foi acionada e teve confusão.

Os PMs disseram que o protesto foi uma represália por causa da prisão de alguns traficantes da região. O ônibus da linha 278A/10, que liga Santana à Penha ainda está na Avenida Celso Garcia, que está interditada, no sentido Centro. A SPTrans reforçou o serviço na região com ônibus movido a diesel.

G1

Mais de 300 livros serão distribuídos em viagem de trem da CPTM

Compartilhe
Ação antecede a Semana Senac de Leitura, que ocorrerá entre os dias 24 e 29 de abril

Uma ação inusitada de incentivo à leitura acontecerá em um trem da CPTM nesta terça-feira (18/04), a partir das 8h50, para anunciar a Semana Senac de Leitura, a ser realizada entre os dias 24 e 29 de abril.

Para a surpresa e alegria dos usuários, um trem vazio chegará à Estação Pinheiros, na Linha 9-Esmeralda, com destino à Grajaú repleto de livros. Os exemplares serão disponibilizados em todos os assentos da composição, totalizando mais de 300 unidades. O trem da atividade será escolhido na hora, a partir das 8h50, e, por isso, os passageiros não saberão sobre os livros antes de embarcarem na composição.

A ação, chamada “Desapega na CPTM”, também faz parte do Projeto Livro Livre da Companhia que realiza doações de livros em estações e incentiva a prática do bookcrossing, movimento que inspirou o projeto e que ocorre em vários lugares do mundo com um convite sedutor: deixar livros em locais públicos, como uma estação ou banco de trem, para que outros leitores os encontrem e, após a leitura, faça-os circular, ampliando o acesso ao conhecimento.

Já a programação da Semana Senac de Leitura, que acontece de 24 a 29 de abril em toda a rede, incluirá encontros literários com os autores, roda de leitura, workshops, exposições e feira de troca de livros. Confira as atividades de cada unidade no Portal Senac: www.sp.senac.br/semanasenacleitura.


Projeto Livro Livre

Desde 2006, a CPTM realiza o projeto Livro Livre, que chega a sua 12ª edição neste ano, promovendo a leitura entre os usuários das seis linhas da Companhia. Neste período, já foram distribuídos mais de 170 mil títulos. Para quem quiser contribuir com a iniciativa, as doações podem ser feitas durante todo o ano na CPTM.

São seis as estações que recebem estantes fixas do projeto: Piqueri (Linha 7-Rubi), Vila Olímpia (Linha 9-Esmeralda), Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra (Linha 10-Turquesa), Mogi das Cruzes e Estudantes (Linha 11-Coral). Os usuários que passam diariamente pelos locais podem pegar uma publicação, levar para casa ou ler no trajeto de trem e depois repassar o livro ou devolver à estante.

Ação “Desapega” na CPTM
Terça-feira: 18/4
Horário: a partir das 08h50
Local: Estação Pinheiros, na Linha 9-Esmeralda, plataforma de embarque para Grajaú


CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).